Turismo de negócios alimenta recorde do setor no ES

23/06/2022

 A atividade turística no Espírito Santo acumulou alta de +45,9% no ano. Para o consultor empresarial Gláucio Siqueira o turismo empresarial capixaba contribui para o índice.
A atividade turística no Espírito Santo acumulou alta de +45,9%, nos últimos quatro trimestres, segundo dados divulgados pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). Esse resultado excepcional serve de diagnóstico sobre a situação da economia turística capixaba, após a queda acentuada registrada na pandemia. Para o consultor empresarial Gláucio Siqueira, um dos principais fatores que alavancaram esse aumento foi o boom do turismo empresarial capixaba.


Em relação ao desempenho regional e nacional, também houve variações positivas recordes na taxa anual, a região sudeste registrou aumento de +46,9%, no Brasil a expansão foi de +48,0%.
Segundo Gláucio, uma das principais atividades que alimenta esse aumento é o turismo de negócios. "O Espírito Santo tem se tornado cada vez mais uma opção para ser sede de congressos, eventos corporativos e convenções, fatores que contribuem para dar projeção ao Estado no quesito. Sendo assim, pessoas que vem a trabalho para o ES, acabam voltando para fazer turismo de lazer, pois somos mais competitivos em preço, comparados a outras regiões do país como Rio de Janeiro e Nordeste".
O especialista aponta que há várias oportunidades no Estado para quem deseja empreender no segmento. "Temos a necessidade de criar novas infraestruturas relacionadas ao turismo, como organizações de traslado, empresas de passeio, há também espaço para criação de novas empresas de turismo e criação de novas rotas. Temos lacunas para serem exploradas no roteiro gastronômico, aliás, precisamos de um bureau mais organizado na área no Estado", destaca.


A estrutura de inovação presente no Estado como fator que serve de catapulta inicial para empreendedores, aponta o consultor.
"O Espírito Santo é um grande centro de inovação, temos uma grande estrutura pra isso, estamos criando muitas empresas e startups ultimamente. Portanto, empreendedores que queiram investir no setor turístico podem aproveitar essa onda para impulsionar seus projetos".
Área de anexos