Suplementação para imunidade em alta

18/06/2021

Após o surgimento da pandemia do Covid-19, a população ficou mais alerta em relação à sua imunidade. A atenção quanto à preservação da saúde tornou-se um fator importante no ambiente familiar, no trabalho, entre amigos. Uma boa alimentação, sono regular e prática de atividades físicas ficaram entre os assuntos mais debatidos e tornaram-se manuais para uma busca de imunidade que protege contra vírus, bactérias, fungos, etc.

O funcionamento do sistema imunológico também depende de vários fatores, além dos cuidados mencionados acima, e dependendo do organismo e da idade, ele pode não funcionar plenamente, como explica a endocrinologista Gisele Lorenzoni. "Com o avanço da idade ou dependendo da doença ou infecção, as células deterioram-se precisando de um auxílio externo", explica. De acordo com o CEO da Farmacro, Aníbal Neri, neste momento os nutracêuticos ganham espaço também: "Entram em cena os suplementos, como vitaminas, probióticos, sais minerais, que vão fortalecer o organismo e a imunidade", garante o empresário do mercado farmacêutico.

Aníbal conta que após a pandemia o número de nutracêuticos comercializados nas farmácias licenciadas da Farmacro cresceu 58%. "As pessoas passaram a se cuidar mais e com a preocupação de contrair o Coronavírus passaram a buscar suplementações como Vitamina C, D, que agem na prevenção e fortalecimento, e ainda para quem teve o Covid, após ter passado pela doença, aumentou a procura por suplementações para cabelos, unhas, etc", destaca Neri. Prova disto é o aumento da procura e o investimento: "Lançamos 25 produtos novos e uma linha exclusiva da rede, a NatusViron que tem sido sucesso", pontua.