Símbolo de união

Além dos significados, as alianças carregam uma história muito antiga, que já é tradição desde o tempo dos egípcios

A palavra aliança tem origem no latim alligare, que significa relação de proximidade, de união. Fazer uma aliança com alguém é fazer um acordo, um pacto, uma união. Assim, o anel com nome de aliança é uma lembrança desse pacto entre o casal.

Seja de ouro amarelo, rosé, branco ou até mesmo prata, as alianças são itens essenciais em todo casamento. Mas você sabe a história por trás dessa tradição?

Historiadores dizem que os egípcios já usavam alianças em 2800 a.C para simbolizar o casamento. "Para eles, um círculo, não tendo começo nem fim, significava eternidade para a qual o casamento era destinado", esclarece Karla Bautz, designer especialista em alianças.

Cerca de dois mil anos depois, os gregos acreditavam que uma veia ligava o dedo anelar da mão esquerda ao coração, por isso o uso do anel nesse dedo, para que a pessoa amada esteja mais próxima do coração. "Eles passaram a usar um anel de ferro imantado para garantir que os corações dos noivos permanecessem atraídos para sempre", explica a designer.

Já a igreja Católica passou aprovar as alianças no século II, mas apenas a partir do século XVI a tradição se tornou popular e item indispensável na união.