Produtos devem ter reforço na higienização após as compras

02/04/2020

Em tempos de coronavírus, é importante ficar atento para inserir no dia a dia alguns métodos de limpeza com os alimentos

Devido à pandemia disseminada pelo novo coronavirus (Covid-19), muito tem se falado sobre os cuidados ao tocar as superfícies em locais públicos e da importância sobre a etiqueta respiratória também. Mas, outro quesito fundamental também deve ser lembrado ao realizar compras, que é a higienização correta de todos os produtos. Para ajudar nesta etapa, também importante observar a qualidade dos alimentos na escolha, optando pelas frutas e legumes que estejam com a casca íntegra e bem firme e, ainda, as folhas mais frescas para prolongar o consumo e evitar o desperdício.

Segundo a nutricionista Fernanda Pignaton ao chegar em casa deve-se separar uma bancada, tirar os alimentos da sacola original e iniciar a higienização. "O que não for consumido naquele momento deve ser armazenado em saquinhos próprios para alimentos e colocadas no refrigerador, que é o caso de muitas verduras. Já a maioria das frutas podem ser arrumadas numa fruteira mesmo", orienta.

Após esta primeira separação dos alimentos, é chegado o momento da limpeza dos produtos que serão consumidos naquele momento. "As folhas devem ser limpas em água corrente, lavando uma por uma. As frutas e vegetais também devem ser lavados primeiro com água corrente e se tiver uma casca mais rígida, pode-se até usar uma escovinha separada para esta finalidade e assim fazer essa limpeza de forma mais completa", sugere.

Na sequência, prepare uma solução para reforçar essa higienização. "Depois de serem todos bem lavados, é interessante colocar duas colheres de sopa de água sanitária própria para alimentos, numa bacia com dois litros de água. Misture e depois deixe as folhas, verduras, legumes e frutas de molho, entre 10 e 15 minutos. Depois deve ser feito o enxague com agua corrente e, a seguir, os alimentos estão prontos para serem ingeridos", afirma.

Nos supermercados há um contato direto de muitas pessoas, que pegam nos produtos e podem devolver as prateleiras. Por isso, a orientação é para que os estabelecimentos sigam as recomendações da vigilância sanitária - limpando piso, bancadas, carrinhos e cestas de compras com maior frequência, utilizando uma solução clorada ou até álcool em gel. Mesmo assim, a especialista recomenda para que os consumidores também tenham cuidado na higienização como um todo, ao chegar em casa.

"No caso de pacotes, como, de arroz, pode transferir o arroz e coloca-lo num recipiente plástico ou passar um pano com álcool em gel em toda embalagem para depois colocar no armário. O mesmo procedimento deve ser feito com caixas de leite e iogurte, por exemplo, antes de colocar na geladeira e até mesmo os vegetais que são embalados em pratinhos de isopor com plástico filme. Para finalizar, é fundamental limpar a bancada que você utilizou para apoiar estes alimentos, ao chegar das compras, e também aumentar a frequência de higienização de geladeira e armários neste período de pandemia, especialmente", indica.