Revita Lips: técnica de micropigmentação labial para quem deseja resultados naturais Ju Aguiar, especialista em Estética e Beleza, explica que os resultados dão um toque de cor com efeito saúde

06/05/2022

As técnicas de micropigmentação revolucionaram o mercado de estética e beleza. A maquiagem "semipermanente", que atraiu muitas mulheres pela praticidade, evoluiu e agora a tendência é a busca por resultados cada vez mais naturais, é o que aponta a especialista em Estética e Beleza, Ju Aguiar. Uma das técnicas mais buscadas para pigmentação dos lábios é a Revita Lips.

"Os resultados da técnica Revita Lips fogem do aspecto de batom, a pigmentação tem um efeito mais 'lip tint', Assim, colore sem marcar, dando um aspecto natural. O retoque pode ser feito a cada um ou dois anos", explica Ju Aguiar.

A especialista destaca que o profissional deve avaliar o tom da pele e boca, bem como alinhar o tom de pigmentação a ser aplicado de acordo com a expectativa do cliente. "O procedimento primeiro neutraliza e arruma falhinhas, como manchas e linhas de expressão; depois entramos com o pigmento. Após a cicatrização, em média sete dias, o pigmento fica mais suave, em torno de 30% a 60%, garantindo um resultado natural, com cara de saúde", explica.

Para garantir a durabilidade da técnica é importante ter alguns cuidados pós-procedimento: como não arrancar as casquinhas para não atrapalhar o processo de cicatrização; não usar batom na primeira semana; manter a região sempre limpa. "Se possível usar também hidratante labial com filtro solar", indica Ju Aguiar.

A especialista explica que a técnica pode ser realizada em qualquer pessoa, no entanto, é contra-indicada para pessoas com lesões na boca, como herpes labial ativa, por exemplo; e diabéticos mal controlados.