Reflexos da pandemia em festas de casamento As tendências tendem a ter mais personalidade

24/03/2021

Desde o ano passado, quando o mundo inteiro passou pelo surgimento do Covid-19 e por tantas mudanças na vida, uma das coisas que até hoje não voltou ao normal, foi a área de eventos. Shows, grandes festas, aniversários transformaram-se em 'lives' e cerimônias íntimas.

Para a cerimonialista Daieny Fasolo que viveu de perto esse momento, quando acabara de completar 10 anos na área, tudo teve que se reinventar. "As pessoas passaram a valorizar e muito a família e as grandes festas transformaram-se em pequenos eventos, porém com muito amor e significado", garante a especialista.

Antes do novo decreto do Governo do ES - que segue até o próximo dia 31 - as festas chegaram a ser liberadas até 300 pessoas, com os espaços respeitados, etc. "Agora voltamos a ter proibições e vamos aguardar a melhora na situação que segue por todo o país", afirma Daieny. "Tive algumas festas que já estavam agendadas, canceladas e estava trabalhando nesse novo normal seguindo os protocolos de segurança e sem percalços", ressalta.

A cerimonialista pôde perceber algumas tendências que vão continuar em alta para 2021 quando esta fase passar. "As festas durante o dia, valorizando o ar livre e mais paisagens; com menos convidados, decoração leve, cerimônias íntimas, com no máximo 40 pessoas e até o "Destination Wedding" com o casal apenas estarão muito em alta neste ano", garante. "As festas ganharam alma, os anfitriões tem uma opinião mais formada, sabem que o momento é único diante do que já se passou e querem transformar esse momento tão importante em indescritível", afirma a cerimonialista.

Ainda há todo um trabalho por trás de uma cerimônia - mesmo pequena - e os detalhes continuam por conta de uma boa organização. "Por mais que ao casamento seja menor, há o vestido da noiva, o traje do noivo, o buffet, o local, decoração, cerimônia organizados por nós cerimonialistas, como todo o aparato do casal na escolha dos detalhes com muito carinho e cuidado", destaca Daieny.

Foto Poema.