Queridinho das famosas chega ao ES: nova tecnologia deixa abdômen definido sem academia

04/06/2021

Kim Kardashian, Bruna Marquezine, Isabelli Fontana e Yasmin Brunet estão entre as celebridades que realizaram o procedimento

Uma nova tecnologia chegou ao Espírito Santo recentemente para ajudar a manter, aumentar e definir a massa muscular. É o Emsculpt, uma técnica que já é sucesso nos Estados Unidos e na Europa, testado e aprovado por famosas como Kim Kardashian, Bruna Marquezine, Isabelli Fontana e Yasmin Brunet. O equipamento realiza 20 mil contrações em 30 minutos de sessão para definir bumbum, barriga, braços e outras partes do corpo.
O cirurgião plástico Fabrício Regiani explica que o novo aparelho além de aumentar os músculos, ajuda também na redução de gordura corporal. "O tratamento permite a manutenção da massa muscular com ganho ainda maior que o da academia. Tanto em hipertrofia quanto em aumento do número de fibra, levando a um aumento mais perene da massa magra e redução de até 19% do percentual de gordura tanto subcutâneo quanto intra abdominal", explica.
A tecnologia High-Intensity Focused Electro-Magnetic (HIFEM), usada no aparelho, interage com o nervo motor enquanto a pele permanece intacta. O efeito resultante é a combinação de fortalecimento e crescimento muscular, além da ruptura de gordura. "O paciente trabalha o músculo de forma mais excelente do que malhando voluntariamente. O acúmulo de ácido láctico é baixo e, portanto, o paciente não tem o desconforto da dor de treinos extenuantes", destaca.
As sessões são realizadas com um intervalo de três dias e o tratamento inicial consiste de quatro sessões, após as quais já é possível observar os primeiros resultados.
Qualidade de vida
O aparelho também é indicado para pessoas idosas, auxiliando o fortalecimento muscular sem os impactos nas articulações de um exercício intenso. "Músculo é saúde, pois a pessoa passa a estar bem fisicamente, consegue um desempenho melhor na atividade física e reflete também numa postura mais adequada. O fato de consumir a gordura intra-abdominal também é positivo, pois ela está relacionada à síndrome metabólica e outras doenças ligadas à diabetes e resistência insulínica", relaciona. Os resultados do equipamento tem eficácia comprovada por mais de 20 artigos científicos publicados em periódicos médicos mundialmente reconhecidos.