Atenção comerciante: ano de Copa do Mundo afeta as vendas do varejo

09/03/2022

O consultor empresarial Glaucio Siqueira explica que apesar de não ser feriado, os jogos costumam parar as cidades brasileiras

A Copa do Mundo de 2022 será sediada pelo Catar e terá início no dia 21 de novembro. No horário dos jogos, os olhares dos brasileiros se voltam para o que acontece dentro de campo e o movimento do comércio tende a diminuir. Embora o evento aconteça do outro lado do mundo, os impactos no varejo local podem ser grandes. Em algumas áreas, as vendas têm potencial de aumentar muito, e outras, à medida que o evento se aproxima, tendem a cair. Para o consultor empresarial Glaucio Siqueira é possível contornar a situação utilizando atrativos que melhorem as vendas durante a Copa.A baixa movimentação de pessoas no comércio explica a redução de vendas em alguns setores que não estão relacionados com artigos relacionados à Copa. Para essas empresas o faturamento em dias de jogos pode ser reduzido a apenas um terço de um dia normal, segundo a Fecomércio - ES."O evento é no segundo semestre, mas o planejamento deve começar com antecedência. Dependendo do horário dos jogos, alguns estabelecimentos acabam liberando mais cedo seus funcionários ou começam o expediente após o término do jogo. Essa pode ser uma saída para que o estabelecimento não tenha tanto prejuízo, visto que não haverá clientes nesses horários. Fora que os colaboradores estarão mais concentrados em seus afazeres, garantindo uma produtividade maior", explica.Além disso, é preciso estar atento e se preparar com antecedência para reverter a situação a favor de seu negócio. As empresas podem analisar o que pode ser usado com essa temática e investir em campanhas que associem a imagem da empresa ao Mundial."Os comerciantes podem usar estratégias para aproximar os clientes, como enfeitar a loja, customizar embalagens ou até investir na venda de produtos relacionados ao tema esportivo. Oferecer promoções também é uma boa opção, mas é preciso estar atento aos custos para não sair no prejuízo. Faça a conta e monte sua estratégia", aconselha.
Área de anexos