Olhos mais cansados na pandemia

13/04/2021

Temos passado mais tempo do que nunca em frente a telas. Quem trabalha ou estuda remotamente fica, praticamente, o dia todo diante de notebooks, celulares ou outros dispositivos, gerando, entre outros problemas, a fadiga ocular.

Para evitar o cansaço dos olhos, a oftalmologista Liliana Nóbrega tem dicas interessantes para seus pacientes. Duas delas são bem simples. A primeira é piscar, piscar e piscar. "As pálpebras atuam como um limpador de para-brisas, removendo poeira e sujeira da superfície dos olhos com fluído lacrimal. Quando estamos em frente a telas, costumamos piscar menos. Por isso, é importante ter essa atenção", explicou.

Outra orientação é ajustar a tela do dispositivo para que fique numa distância correta do rosto. Se ela estiver muito perto, há risco de sobrecarregar os músculos dos olhos; e se estiver muito longe, haverá dificuldade em ver detalhes pequenos causando fadiga e olhos secos. "Especialistas orientam que a tela deve estar a um braço de distância (entre 40 e 75 cm) do rosto", ensinou Liliana Nóbrega.