Obesidade causa aumento dos casos de câncer

21/04/2021

Em estudo recente que teve início no final de 2019 e foi publicado no mês de março pela revista científica Plos One, e divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), o gasto com casos de câncer relacionados à obesidade entre adultos no Brasil, ficou em R$ 1,4 bilhão do total de R$ 3,5 bilhão aplicados pelo governo no SUS no tratamento da doença.

"Os números são assustadores e só refletem o que constatamos nos consultórios, o aumento da obesidade", afirma a endocrinologista Gisele Lorenzoni. "Os obesos possuem mais células adiposas, que liberam proteínas pró-inflamatórias que promovem inflamações crônicas que podem auxiliar no desenvolvimento do câncer", explica a médica. Entre os cânceres que têm se desenvolvido por conta da obesidade estão os de mama, cólon, útero, pâncreas, etc.

A prevalência do excesso de peso, incluindo sobrepeso e obesidade aumentou muito nas últimas décadas. "Seja pelo próprio sistema alimentar global, que passou a promover alimentos ricos em energia e com menos nutrientes, e pelo aumento do consumo de alimentos industrializados, por conta da rotina acelerada que tínhamos", ressalta Gisele.

Além desses fatores, com a pandemia a obesidade aumentou, afinal a rotina foi alterada, e em um momento que a ansiedade pelas incertezas tomou à todos, a fuga foi a comida, e na verdade uma má alimentação: "Foram deixados de lado horários - comer fora de hora causa aumento de peso - além do aumento de consumo de bebida alcóolica - que também auxilia no ganho de calorias, ou seja, a maioria da população ganhou peso", garante a endocrinologista.

É preciso ficar atento à alimentação balanceada, prática de exercícios físicos e fazer o possível para evitar a obesidade. "Assim, evitamos o surgimento do câncer, que além de ser uma doença grave, é altamente prevalente por uma carga econômica com altos custos diretos - nos tratamentos médicos - e indiretos - pela perda de produtividade e causa de morte", finaliza Gisele.

Obesidade

A obesidade é definida pelo índice de massa corporal (IMC) maior que 30 - calcula-se o peso em quilos dividido pela altura ao quadrado - é uma doença crônica que acarreta outros diversos problemas de saúde, incluindo o câncer.

Fontes Pesquisas: Site Agência Brasil / EndoNews