Lotes em alta na pandemia: cuidado na hora de comprar o seu!

20/05/2021

Mais que impactar a vida das pessoas, a pandemia da Covid-19 gerou grandes mudanças no mercado imobiliário. Ao passar mais tempo dentro de casa e com a eficiência do home-office, os estilos de vida e de trabalho se transformaram.

Houve, assim, uma inversão no modelo de lar ideal. Espaços mais tranquilos e periféricos ganharam a preferência do consumidor que, não precisando mais morar ao lado de trabalho, passou a priorizar a qualidade de vida. Com isso, bairros próximos de áreas verdes, com possibilidade de construir casas de metragens maiores se tornaram a maior tendência para a situação atual.

É nesse cenário que vem crescendo, exponencialmente, a compra por terrenos. Mas, para que este sonho não vire um pesadelo, é preciso estar atento a importantes detalhes na hora de comprar um lote para construir a casa.

As orientações vão desde identificar a legalidade do loteamento, analisando documentos, aprovações nos órgãos públicos e localização, a verificar condições de infraestrutura e os serviços existentes, como ruas abertas, demarcação de lotes, transporte, rede de água e energia elétrica, etc. São informações muito importantes que apenas empresas legais, com áreas documentadas e financiamentos seguros, podem oferecer.

Além disso, o gerente Geral de Vendas da Lotes CBL, Renato Nolasco, também alerta sobre o cuidado com propostas verbais de vendedores. "É preciso muita atenção com esse tipo de abordagem, especialmente quando se trata de irregularidades em documentações. Tudo deve estar sempre devidamente documentado, pois um terreno só pode ser adquirido se sua situação estiver devidamente regular e, portanto, dentro do previsto em lei", informou.

Ele lembra que, assim como ocorre em qualquer outro setor de atividade econômica, o ramo imobiliário conta com empresas idôneas, mas também é atingido pela presença de uma ou outra empresa que não segue as regras básicas. "Por isso, é fundamental buscar o serviço de empresas comprovadamente legalizadas. Nós, da CBL, nos preocupamos tanto com essa questão que até buscamos ser chanceladas por um selo que comprova essa idoneidade. Essa certificação proporciona mais segurança e tranquilidade ao nosso cliente", afirmou.