Lobuloplastia: como funciona a cirurgia para remodelar o furo da orelha

30/03/2021

O uso de brincos muito pesados, alargadores de orelha ou traumas com objetos cortantes são os principais fatores que podem "rasgar" a orelha. Porém, isso pode ser corrigido com a lobuloplastia - a cirurgia que remodela o lóbulo da orelha.

O lóbulo, localizado na região inferior da orelha, é delicado. Trata-se de uma região composta basicamente por gordura e pele, não havendo músculos ou cartilagem para auxiliar o sustento de pesos, fatores que geram riscos de rasgos quando se colocam brincos e alargadores pesados.

Esse tipo de cirurgia costuma ser de poucos riscos ou contraindicações, sendo frequentemente um procedimento ambulatorial, sem necessidade de internação hospitalar. A cirurgiã dermatológica Letícia Rizzo explica que o procedimento é feito com anestesia local e, na maioria dos casos, sem sedação, e consiste na reconstrução do lóbulo da orelha através de incisões e sutura na área, para dar o contorno adequado ao lóbulo.

Letícia esclarece ainda que o tamanho das incisões depende do tamanho do rasgo na orelha. "Se for apenas um pequeno alargamento do furo de brinco, é feita apenas a retirada da pele em volta do furo e feita uma sutura para fechar o buraco criado pelas incisões. Porém quando se trata de uma orelha rasgada completamente, como em casos de furos maiores devido ao uso de alargadores de orelha, serão necessárias incisões e suturas maiores."

A lobuloplastia é uma cirurgia geralmente rápida, com durabilidade de 30 a 60 minutos e o paciente pode voltar para a casa no mesmo dia.

A cirurgiã explica ainda que mesmo sendo de pequeno porte, a lobuloplastia é uma cirurgia, devendo ser feita apenas por profissionais especializados e experientes e após consulta médica completa, com exames pré-operatórios para atestar a saúde da paciente.

Os procedimentos pós-operatórios incluem:

- Evitar exposição ao sol por 30 dias.

- Evitar coçar a região operada.

- Evitar atividades físicas extenuantes.

- Procurar o cirurgião que realizou a cirurgia em caso de qualquer incômodo, vermelhidão, sangramento excessivo ou dor no local.