Isolamento fez aumentar a venda de artigos para casa

15/06/2020

Casa e decoração está na lista de categorias de produtos que tiveram aumento na comercialização com o isolamento social. A informação é da 41ª edição do Webshoppers, considerado o mais amplo relatório sobre e-commerce do país. De acordo com os dados, eletrônicos, informática e itens de consumo rápido estão também entre as aquisições.
A empresária Rachel Pires comemora. Ela comanda uma empresa de sublimação, a Nuvem, e investiu ainda mais na produção de artigos para uso no lar. "Antes o carro-chefe eram os painéis por conta das festas. Agora, em alta está a demanda por artigos como sousplast, guardanapos e jogo americano, por exemplo. Acredito que seja porque as pessoas estão fazendo as refeições em casa. Então elas querem itens para valorizar esses momentos", contou.
Segundo ela, as chamadas roupas de mesa são, inclusive, requisitadas por famílias com filhos pequenos. "Lançamos a linha infantil e logo recebemos pedidos. Os pais enxergam nesses produtos uma forma de entreter as crianças, tornar mais lúdica a hora da refeição", acrescentou.