Infecções dentárias podem dificultar controle da diabetes

19/11/2019

A doença (diabetes) vem aumentando gradativamente ao longo dos anos e pesquisas recentes revelam como ela pode influenciar na saúde da boca, assim como as doenças da cavidade oral podem prejudicar o controle da glicemia, alerta a dentista Cicilia Carvalho, especialista em Implantodontia.

A secura da boca, um dos sintomas da diabetes, costuma ser responsável pelo aparecimento de aftas e cáries. Porém, diabéticos têm alto risco de adquirirem infecções mais complicadas como gengivite, um estágio inicial de doença gengival, e periodontite, doença gengival avançada com perdas ósseas. "Pessoas com diabetes têm um risco aumentado para doenças gengivais avançadas porque os diabéticos são geralmente mais suscetíveis às infecções bacterianas, e têm uma diminuição na capacidade de combater as bactérias que invadem o tecido gengival", explica Cicilia.

O primeiro passo do dentista é identificar o paciente diabético. Uma anamnese detalhada é primordial para entender como os pacientes estão em relação à saúde geral. Em alguns casos, o próprio dentista pode suspeitar que o paciente é portador de Diabetes. "Estima-se que para cada duas pessoas que tem a doença, uma delas não sabe do diagnóstico", revela a especialista.

O atendimento odontológico em pacientes diabéticos é feito com consultas curtas, em momentos de menor estresse do paciente. Uma descompensação da glicemia pode trazer atraso na cicatrização e predispor infecções. Já o paciente diabético controlado e compensado, liberado pelo médico, pode ser tratado como um paciente que não tem a doença e fazer diversos tipos de tratamentos odontológicos, inclusive os cirúrgicos como implantes dentários, e obter alto índice de sucesso.

Cuidados com a saúde bucal

- Faça uma avaliação com dentista de 6 em 6 meses;

- Escove os dentes, pelo menos, 3 vezes ao dia e passe fio dental diariamente;

- Informe ao seu dentista se você é diabético e as medicações que utiliza;

- Siga a dieta prescrita pelo médico ou nutricionista;

- Pratique exercícios físicos;

- Mantenha sua taxa de glicose controlada;

- Não fume

- Evite bebida alcóolica.