Implante de sobrancelhas corrige falhas e recupera pelos

18/11/2021

Além do fator estético, a região também é fundamental para ajudar na comunicação não verbal, pois carrega um enorme peso nas expressões faciais

Com resultados muito positivos, o implante de sobrancelhas tem conquistado cada vez mais adeptos preocupados com o seu design. Afinal, esta é uma região do corpo que, além da questão estética, também é fundamental para ajudar na comunicação não verbal, pois carrega um enorme peso nas expressões faciais. Além disso, este é um procedimento acessível e indicado para qualquer pessoa, independente da idade, desde que esteja em boa saúde, especialmente sem problemas de sangramento e coagulação.

Por isso, se apresenta como uma solução atraente para quem passa por um tratamento de quimioterapia, pessoas transgêneras, após a retirada de piercing na região ou que ao longo do tempo foram perdendo os pelos naturalmente. De acordo com a médica, Letícia Rizzo, a técnica utilizada neste processo é o Follicular Unit Extraction (FUE), que trabalha com a extração de unidades foliculares, fio a fio e sem cicatriz linear.

"Extraímos os fios um a um da área doadora, no couro cabeludo, e em seguida implantamos cada um deles na região das sobrancelhas. Isso é feito utilizando agulhas muito finas, para que o resultado fique natural e imperceptível. Os fios mais próximos do nariz nascem no sentido vertical e a medida que vai se aproximando da orelha, vão se horizontalizando, em 'forma de leque'", explica.

Esta é uma solução permanente, em que os pelos novos terão um ciclo de queda e crescimento normal, assim como os originais. "A quantidade de fios implantada é muito menor do que um implante de cabelo, então a cirurgia pode ser feita em cerca de 3 horas no máximo e somente com anestesia local. A recuperação é muito rápida e não será necessário cobrir a sobrancelha. E a parte de trás cabeça, de onde geralmente se retiram os fios, será totalmente escondida pelos cabelos, pois não serão utilizados muitos folículos", tranquiliza.