Grupo carioca vai apresentar, gratuitamente, comédia de Molière, no Sesc Glória

29/06/2022

O Doente Imaginário é considerado pelos especialistas em teatro como um dos melhores textos de comédia escrito por Molière

Comemorando três décadas de atuação, a renomada Cia Limite 151, do Rio de Janeiro, desembarca em Vitória para apresentação única e gratuita da peça "O Doente Imaginário", no dia 16 de julho, às 20h, no Centro Cultural Sesc Glória.

O Doente Imaginário é considerado pelos especialistas em teatro como um dos melhores textos de comédia escrito pelo dramaturgo francês Molière (1622-1673). A montagem tem direção de Jacqueline Laurence e tradução e adaptação de João Bethencourt, um dos mais importantes nomes da comédia brasileira, falecido no último dia de 2006. "Gosto muito de Molière. Já fiz "O Avarento" e "O Doente Imaginário", como atriz. Agora estou tendo a experiência de dirigir esse texto especial, porque foi o último que ele escreveu antes de morrer, e, portanto, já tem toda a carga de experiência que ele tinha como homem de teatro, autor, ator, chefe de companhia teatral".

Para Jacqueline, os textos de Molière ainda são atuais. "O Doente Imaginário" é uma comédia extraordinária que, como em todos os trabalhos do autor, nos traz uma visão crítica sobre a humanidade. Esse é um dos motivos para que seus textos façam sucesso ainda hoje", explica a diretora. Além disso, ela afirma que a peça tem um humor inteligente, sem deixar de ser popular e acessível a todos os tipos de público.

A apresentação em Vitória tem patrocínio da ArcelorMittal através da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal. Os ingressos serão distribuídos no dia da apresentação, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, que será destinado à entidades sociais. A produção local é da Ratimbum Produção de Artes.


Sobre a peça

A trama, a última escrita e encenada por Molière, que sofreu um ataque em pleno palco, durante uma apresentação, morrendo pouco depois, reúne intrigas e romance. Angélica, filha de Argan, um rico e avaro burguês (tipo muito presente nas comédias de Molière), vítima de hipocondria, apaixona-se por um rapaz, o romântico Cleanto. O pai, no entanto, quer que ela se case com um médico, pois desta forma teria assegurado consultas gratuitas sem ao menos precisar sair de casa. Em cena, os atores Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Edmundo Lippi, Isabella Dionísio, Flávia Fafiães, Rafael Canedo, Márcio Ricciardi, Léo Thurler e Diego Braga.


Oficina gratuita

Wagner Campos, diretor musical e sócio da Cia Limite 151, vai conduzir a oficina "A Imagem do Som", voltada para diretores, atores, compositores, sonoplastas e público em geral. O objetivo da iniciativa é instrumentalizar profissionais que atuam na área teatral, desenvolvendo um conjunto de recursos voltados para uma ação integrada com a música, tendo como elemento de ligação as diversas possibilidades de ver/ouvir, através da articulação entre som e cena/música e dramaturgia. Ainda, objetiva preencher lacunas existentes nos cenários regionais de produção das artes cênicas, contribuindo para o processo da produção brasileira e para o quadro situacional de posicionamento mercadológico desta produção no país hoje.


A oficina vai acontecer no dia 15 de julho, às 15h, no Teatro Estrela Ratimbum, no Centro de Vitória. Serão disponibilizadas 40 vagas e os interessados devem se inscrever no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd27Uwe_o3VwDwBdgUi4yd_rCNVniKYLoWzinje8kkMxka_aQ/viewform


Sobre a Cia Limite 151

A Cia Limite 151 tem como objetivo a pesquisa e o desenvolvimento de uma concepção estética que identifique na linguagem cênica diferentes formas de construção do pensamento. É formada pelos atores Gláucia Rodrigues e Edmundo Lippi e pelo compositor Wagner Campos, que, juntos desde 1991, já encenaram peças de autores consagrados, como Os Sete Gatinhos de Nelson Rodrigues, direção de Marcelo de Barreto; O infanto-juvenil Dom Quixote, adaptação de Wagner Campos, direção de Cláudio Torres Gonzaga; A Comédia dos Erros e O Mercador de Veneza, de William Shakespeare, direção de Cláudio Torres Gonzaga, À Margem da Vida, de Tennessee Williams, direção de Roberto Vignati, O Avarento, de Molière, tradução e direção de João Bethencourt, Auto da Compadecida de Ariano Suassuna com direção de Sidnei Cruz, entre outras.

Serviço

Espetáculo "O Doente Imaginário", de Molière, com a Cia Limite 151 (RJ)

Data: 16/07 (sábado), às 20h

Local: Centro Cultural Sesc Glória (Av. Jerônimo Monteiro, 428 - Centro, Vitória)

Ingressos: Gratuito (trocar 1 quilo de alimento não perecível por 2 ingressos na bilheteria do teatro no dia do espetáculo)

Classificação: 10 anos

Informações: (27) 3222-0968 / 99698-0869


Oficina "A Imagem do Som", com Wagner Campos, diretor musical e sócio da Cia Limite 151

Data: 15/07 (sexta-feira), às 15h

Local: Teatro Estrela Ratimbum (Rua Pereira Pinto, 180 - Centro Vitória)

Carga horária: 120 minutos

Vagas: 40

Classificação etária: 16 anos

Link de inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd27Uwe_o3VwDwBdgUi4yd_rCNVniKYLoWzinje8kkMxka_aQ/viewform

Informações: (27) 3222-0968 / 99698-0869