DJ Soul lança nova música onde mistura batidas do funk com arrocha e trap

02/12/2021

A dançante "Assim não dá", de autoria do cantor e compositor capixaba, será lançada neste sábado (4) em todas as plataformas digitais

Um rapaz conhece uma garota na balada, se interessa por ela mas deixa claro que quer apenas curtição. Essa situação se assemelha a tantas vividas diariamente e é o tema central da nova música do DJ Soul, a dançante "Assim não dá", que será lançada neste sábado (4), em todas as plataformas digitais. a canção, composta em parceria com EmikMC, é uma divertida e criativa mistura de funk, arrocha e trap.

Embora a paixão pela música seja antiga, o DJ Soul começou na carreira artística há um ano. Engenheiro, o capixaba está conciliando as duas funções e confessa estar muito focado em entregar ao público um trabalho diferenciado e inovador. "Gosto de ousar, de misturar ritmos, criar sons e vou levar isso para os meus trabalhos", declara o artista, que entrega que lançará em breve uma nova canção que promete surpreender por misturar congo e funk. "Minha criatividade é a mil por hora, eu sou TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), minha mente ferve de ideias", revela.

DJ Soul começou a escrever músicas ainda na adolescência, e não se apegava a nenhum ritmo em especial - suas letras iam do forró pé de serra ao hardcore, passando pelo sertanejo e pelo pagode. Mas ele nunca havia produzido uma música própria. Aos 38 anos, sendo um de carreira, ele celebra o fato de já ter lançado duas composições autorais. "Pique do BDSM", com produção do paulista DJ Mael, surgiu em uma brincadeira no estúdio, onde ele foi desafiado por um amigo a compor um funk com o tema polêmico e que soma cerca de 4 mil plays no Spotify. Outra canção de sucesso é "Só não me chama de mozim", interpretada pelo cantor JótaErre mas com autoria e produção assinadas pelo capixaba. "Escrevi essa música e comecei a produzir, mostrei a algumas pessoas e todos gostaram do resultado, especialmente por ser bem dançante, um funk com swing baiano", explica. A música já tem mais de 25 mil plays no Spotify e mais de 30 mil no Facebook.

Nova composição

Compor é um processo simplificado para o capixaba, que garante que muitas vezes a música e melodia simplesmente vêm em sua cabeça. "Eu jogo todas essas ideias no papel, pego o violão ou teclado e vou refinando", afirma. E assim foi com a nova composição, a música "Assim não dá".

A expectativa do artista com a nova música é alta. "Sonho alcançar um novo público com este trabalho e também em levar a minha música muito longe, mostrar a qualidade do funk capixaba", revela. Além de ter escrito a letra, o DJ de funk também é o intérprete e produtor da canção, junto com Vitor Nunes, fundador e produtor da banda Comichão.

Sobre a preferência pelo funk, o artista explica que é uma paixão antiga, descoberta ainda na juventude, com o Rap do Silva, Claudinho e Buchecha, entre outras referências. Já com o nome artístico, foi batizado por uma amiga. "DJ Soul foi um apelido de uma colega indiana que estava aprendendo português quando a conheci, eu escrevi meu nome pra ela - Djalma e ela associou a DJ Alma (soul em inglês). Já me chamou de DJ Soul e eu adotei", declara.

Show na Europa

Um grande momento na carreira do DJ Soul foi a oportunidade que teve de tocar em algumas casas de Portugal, onde, inclusive, tem show confirmado no ano que vem. "Onde toquei tinha muitos brasileiros mas, acreditem, as portuguesas também adoram dançar funk", ressalta.

Serviço Lançamento da música "Assim não dá", do DJ Soul Data: 4/12 (sábado) Onde ouvir: em todas as plataformas digitais (Spotify, Apple Music, Deezer, Resso, Audius), no canal do do artista no Youtube, na sua página do Facebook e no perfil do Instagram

Acompanhe o DJ Soul: 

Instagram: https://www.instagram.com/djsoul027/

Facebook: https://www.facebook.com/djsoul96/