Cresce automedicação no inverno

23/07/2019

Com o inverno os casos de gripes e resfriados aumentam, bem como, a quantidade de pessoas que se automedicam ao menor dos sintomas. A Organização das Nações Unidas (OMS) estima um bilhão de pessoas, todo ano, infectadas pelo vírus influenza - que provoca a gripe.

"O descongestionante nasal é muito utilizado nessa época. Sem a devida prescrição médica ele pode desencadear uma rinite medicamentosa, que é um processo vicioso resultado da utilização errada", exemplificou a farmacêutica Raigna Vasconcelos.

Os antitérmicos e analgésicos também estão entre os mais procurados para automedicação, segundo ela. "Enquanto a primeira categoria pode provocar sangramento gástrico, a segunda pode provocar danos no fígado quando o uso é incorreto e prolongado. O mais seguro, sempre, é procurar orientação médica", reforçou Raigna que comanda a Farmácia Alquimia.