CAU/ES pela defesa do Cais das Artes

29/04/2022

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Espírito Santo (CAU/ES) apoia impreterivelmente o manifesto do Instituto dos Arquitetos do Brasil - Departamento do Espírito Santo (IAB-ES) em defesa do Cais das Artes, projeto do internacionalmente renomado arquiteto capixaba Paulo Mendes da Rocha. A construção do complexo cultural teve início no ano de 2010 e está parada desde o ano de 2015. Em 2018 foi anunciado que sua conclusão seria no final do ano de 2020, porém em 2019 foi informada que a construção seria finalizada apenas neste ano, de 2022.

O manifesto lançado pelo IAB-ES no final do mês de março reforça a relevância da construção e a valorização da identidade capixaba que o projeto arquitetônico representa. Em diversos pontos do documento é destacada a importância do Cais da Arte no cenário econômico e cultural da capital Vitória e de todo o estado.

Para o presidente do CAU/ES, Heliomar Venancio o projeto como o Cais da Artes de tamanha infraestrutura trará impactos sociais, econômicos e culturais, projetando o Espírito Santo em um cenário nacional, como rota de turismo cultural no país.

"O local do Cais das Artes no bairro Enseada do Suá, que conta com pontos turísticos como a Praça do Papa, o Projeto Tamar e com vista para a Terceira Ponte e Convento da Penha - que ficam em Vila Velha - apenas divididos pelo mar, agregam mais beleza a um local que será em um futuro próximo um ambiente de contemplação e que irá atender a diversas classes ligadas à cultura do nosso estado e do país", afirma o presidente.

Segundo ele, em uma região tão central na capital, o Cais das Artes é sinônimo de grandiosidade - até pelo tamanho da obra - e seu espaço poderá ser utilizado para diversas vertentes que envolvam a arte. "Alguns exemplos pelo país revitalizaram bairros, como o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, que foi construído na zona portuária da cidade e hoje é destaque internacional, com diversos prêmios e ainda temos o Instituto Inhotim - museu a céu aberto que fica em Brumadinho, Minas Gerais e atrai turistas de todo o mundo", explica Venancio.

Assim, o CAU/ES se junta ao IAB-ES na luta em defesa do Cais das Artes, pela conclusão das obras e a manutenção do seu uso com a finalidade original, ser o maior e mais importante complexo cultural do Espírito Santo.