Empresas apostam em atletas amadores

Publicado em 01/06/2017 às 00h05

 

Empresas apostam em atletas amadores: um incentivo ao bem-estar

 

            A prática de esporte e seus benefícios para saúde nunca estiveram tão na moda. Mesmo assim, boa parte da população não pratica nenhum tipo de exercício físico.  De acordo com a pesquisa A prática de Esporte no Brasil, realizada pelo Ministério do Esporte, quase metade da população brasileira é sedentária. O estudo mostra que 54,1% dos brasileiros realizam alguma atividade física ou esporte, e 45,9% dos brasileiros não praticam nenhuma.

            Para tentar reverter um pouco esse índice, empresas investem no patrocínio de atletas. A marca de moda Cobra D’agua, que tem o esporte no seu DNA, sempre apostou em atletas durante toda sua trajetória. O presidente da marca, Lucas Izoton, acredita que o esporte em qualquer idade é capaz de transformar, impulsionar, é um aliado à vontade de vencer e motiva para uma vida saudável. “O bom atleta é um excelente canal de comunicação para a empresa, para levar sua mensagem e produto ao consumidor, numa parceria que contribui para ambas as partes divulgarem seus trabalhos”, diz Lucas.

            Um exemplo disso foi patrocinar recentemente, o atleta capixaba Marcos Silva, um corredor amador, de 42 anos, que iniciou no esporte aos 40 anos. O esporte, para ele, foi uma válvula de escape para fugir de um quadro forte de depressão. E o que começou apenas como hobby tem alcançado objetivos cada vez maiores e com excelentes resultados de medalhas, troféus e pódios das corridas em que participa, inclusive fora do Estado e também do Brasil.

            Em apenas dois anos correndo, Marcos Silva, já conquistou 25 medalhas em participações de corridas de rua e três troféus em sua categoria. Em fevereiro deste ano, participou de uma tradicional Corrida no Uruguai, a 73ª edição da corrida de San Antonio, na cidade de Piriapólis Maldonado, onde correu 8km. Entre mais de três mil competidores, ele alcançou o 208º lugar no quadro geral e ficou com a 17ª colocação na sua categoria de 40/49 anos.

O atleta divide seu tempo entre o trabalho de supervisor manutenção de hotel, treinando diariamente e correndo de 8 a 10 km, no período da noite ou pela manhã. Marcos está satisfeito e pretende não parar mais de correr. “Quero sempre despontar entre os primeiros na minha categoria e até no geral das próximas competições. Ainda neste ano, pretendo buscar orientações de profissionais na área. Sei que no Estado há excelentes corredores e me espelho neles para alcançar bons resultados. Mas, o importante nem é chegar entre os primeiros e, sim, viver desfrutando da saúde que a corrida me proporciona. Um conselho que ouvi de vários corredores com mais de 60 e 70 anos é que nunca e tarde para começar”, conclui Marcos.

            A marca de moda masculina, já conhecida por patrocinar e incentivar Escolinhas Esportivas e Projetos Sociais, já investiu em cerca de cinco mil atletas profissionais e amadores, não somente no Espírito Santo como em todo o Brasil, e até mesmo no exterior. Dentre as personalidades de dentro e fora do Estado, que suaram a camisa da marca estão: o jogador de vôlei de praia Flavinho Pitanga, que possui mais de 100 títulos nacionais e internacionais, a marca também investe na sua Escolinha de Vôlei, na Praia da Costa. O atleta de Beach Soccer, Jenílson Brito Rodrigues, o ‘Goleiro Mão’ da Seleção Brasileira de Beach Soccer, que também possui uma Escolinha Esportiva de Beach Soccer que tem patrocínio da Cobra D’agua. Atletas do vôlei como Bruno Schmidt, Emanoel, Zé Marcos, Ricardo, Guilherme, Pará, Romário do futebol, entre outros também já foram patrocinados.

 

 

Enviar comentário

voltar para Zoom

left show fwR|left tsN fwR|left show fwR|c05|||login news b01 fwB tsN fwR tsY c05 bsd|b01 normalcase c05 tsN bsd|b01 c05 normalcase bsd|login news b01 normalcase c05 bsd|tsN normalcase c05|b01 c05 normalcase bsd|content-inner||